Letras

 

Evoé, Nabuco

 

     
 

 

 

DIA DE BALADA

 

 

Sexta-feira é dia de balada
De sair pra dançar
E arrumar uma namorada
Sexta é dia de balada

 

Sexta-feira é dia de gréia
Eu vou chamar Maria, Juliana
Chama Paula e Andrea,
Sexta é dia de gréia

 

Largo do meu trampo
Vou em casa e boto a beca
Pego um busu, e vou pensando nela
Eu não sei se é Ana, Suzy ou Manoela
Eu quero é a ma, ma, ma, ma

 

Olha a madeirada, sexta é dia de balada
Olha a madeirada, sexta é dia de balada
Prepara, segura...

 

Empurra, empurra, pra frente e pra trás
Empurra que a galera tá pedindo mais
Empurra, empurra, empurra, vem, vem, vem
Não vou ficar de fora
Quero entrar nessa também

 

 

 

 

 

Voltar